Criatividade, marketing, branding, comunicação, design, empreendedorismo, inovação, futurismo e outras temáticas do universo da economia criativa.

Buscas por Ozempic e medicamentos com semaglutida cresceu 91% agora em 2023 no Brasil

No primeiro semestre de 2023 o medicamento Ozempic e derivados com semaglutida deram um boom por buscas, mesmo com os alertas de efeitos colaterais, segundo maior marketplace de farmácias do Brasil

0

Buscas por medicamentos com semaglutida no princípio ativo cresceram 91% no primeiro semestre de 2023

- Publicidade -

Apesar de alertas sobre efeitos colaterais, plataforma Consulta Remédios vem identificando aumento na busca por remédios como Ozempic

Apesar dos alertas de médicos e até mesmo de vídeos que viralizaram nas redes sociais sobre possíveis efeitos colaterais do Ozempic, medicamento utilizado no tratamento de diabetes do tipo 2 e que tem a semaglutida como princípio ativo, a busca pelo remédio vem aumentando. É o que diz a plataforma Consulta Remédios (CR), maior marketplace de farmácias do Brasil e que possui uma média de 1 milhão de visitas diárias.

Remédios com o princípio ativo, como é o caso do Ozempic, ganharam popularidade após a promessa de emagrecimento e muitas farmácias já vêm registrando falta do medicamento. Em diversos cenários levantados, a CR identificou um aumento expressivo. No primeiro semestre de 2023, se comparado com o último semestre de 2022, as buscas chegaram a apresentar um crescimento de 91%.

Talvez você goste de ler também:

- Publicidade -

2 Receitas Exclusivas do MasterChef para você: Salmão ao molho de laranja e gengibre + Gaspacho

5 dicas para manter a saúde bucal e melhorar a sua autoestima – Este é o Julho Neon!

Com baixas temperaturas os veículos precisam de CUIDADOS ESPECIAIS, entenda

Buscas por Ozempic e medicamentos com semaglutida cresceu 91%

“A gente percebe que o comportamento das pessoas também segue uma tendência muito relacionada às redes sociais, por exemplo. Após as trends que divulgaram efeitos do remédio, como ‘rosto Ozempic’ no início deste ano, a busca pelo medicamento apresentou uma queda de 30%. No entanto, de forma geral, ainda é possível observar que as pessoas vêm sim procurando o medicamento mais que o normal, e algumas farmácias até registram falta do medicamento”, explicou Rafaela Sarturi Sitiniki, farmacêutica responsável pela plataforma Consulta Remédios.

O aumento de 40% na busca de termos como “rosto Ozempic” e “bumbum Ozempic” registrado pela plataforma Google Trends é resultado dos relatos feitos por pessoas que perderam peso ao usar medicações à base de semaglutida, ocasionando flacidez em diversas partes do corpo. Além desse efeito colateral, outros também foram relatados, como diarreia, náuseas e vômitos, constipação, refluxo, entre outros.

- Publicidade -

Disponibilizado em formato de caneta de aplicação semanal em variadas dosagens, o uso do Ozempic para emagrecimento ainda não é liberado no Brasil. No mês de março, inclusive, a Associação Brasileira para o estudo da Obesidade e Síndrome Metabólica (Abeso) e a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) divulgaram um documento alertando sobre o uso indiscriminado e os riscos a que as pessoas podem estar sujeitas.

“Todo medicamento pode apresentar efeitos colaterais e o uso sem acompanhamento médico é sempre um risco. No caso dos medicamentos com semaglutida, ainda existe o risco de uma busca exagerada causar problemas para as pessoas que precisam do medicamento para controlar a diabetes do tipo 2”, alerta a farmacêutica.

Variação de preço

Além do aumento de buscas, a plataforma ainda encontra variação de preços. Na opção do Ozempic com dosagem 0,25 e 0,5 mg, por exemplo, a variação chega a quase 20%. Já o medicamento Rybelsus, que também possui a semaglutida em seu princípio ativo e é ofertado na forma de comprimidos a variação é ainda maior, chegando a 70%. “A opção de comprimido é mais recente, e isso vem trazendo novas possibilidades para os usuários e isso acaba impactando também na busca”, finaliza Rafaela.

 

Sobre Consulta Remédios | 

Consulta Remédios é o maior marketplace do varejo farmacêutico no Brasil com uma média de 1 milhão de cliques diários cadastrados, o que a torna líder em resultados orgânicos relacionados a medicamentos e saúde. São mais de 2 mil farmácias cadastradas.

A plataforma ainda pode ser indicada pelo profissional para que seu paciente tenha acesso à bula e ao preço, e saiba onde comprar um medicamento prescrito. Uma simples busca na Consulta Remédios revela que ao utilizar a plataforma é possível economizar até 90% na hora da compra.

Então, o que você achou desse conteúdo? Comente, compartilhe esse conteúdo e nos siga no Google Notícias e nossas redes Instagram, Facebook e Spotify.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.