Criatividade, marketing, branding, comunicação, design, empreendedorismo, inovação, futurismo e outras temáticas do universo da economia criativa.

Empresas do Brasil estão usando cada vez mais a inteligência artificial em diversas áreas, veja como

Inteligência Artificial em empresas brasileiras de saúde, energia, abastecimento e comunicação estão inovando

0

Empresas brasileiras avançam em diversas áreas com o uso da Inteligência Artificial

- Publicidade -

Companhias apostam em IA para inovar em saúde, energia, abastecimento de água e comunicação, promovendo inovação e alcançando resultados

Com o uso da inteligência artificial (AI), empresas brasileiras de diversos setores têm promovido inovações nas áreas de saúde, energia, saneamento básico e comunicação, entre outras áreas. Conforme estudo recente da Deloitte, “Agenda 2023”, 7 em cada 10 empresas no país pretendem investir em Inteligência Artificial (IA) este ano. Conheça os resultados que algumas as companhias têm alcançado na prática:

Das fotos ao raio X

A Fujifilm tem empregado inteligência artificial de forma inovadora em suas câmeras fotográficas e em equipamentos de exames de imagem na área de saúde, contribuindo para o avanço das duas áreas.

- Publicidade -

Nas câmeras, a IA é utilizada para aprimorar a experiência do usuário e identificar cenas e objetos, como é o caso do Autofoco, que possui detecção de assunto, capaz de identificar animais, pássaros, automóveis, motocicletas, aviões, trens, insetos e drones.
Já em Saúde, equipamentos de ressonância magnética, radiografia e mamografia digital da marca com IA geram análises mais precisas e ágeis, aprimorando o diagnóstico e, consequentemente, o tratamento de pacientes.

Diagnóstico de doenças

Por falar em diagnósticos, o Einstein avança no desenvolvimento e aplicação de inteligência artificial em diversas áreas, tanto no sistema privado como no sistema público, incluindo iniciativas no âmbito do PROADI-SUS.

Algumas das soluções aplicadas na assistência incluem o EntelAI, que oferece ferramentas para calcular automaticamente o volume do cérebro e contar as lesões da substância branca, auxiliando no diagnóstico e acompanhamento de doenças degenerativas; a Lunit, que utiliza algoritmos para interpretar radiografias de tórax e investigar problemas como pneumonia, pneumotórax e massas pulmonares; o RAPID AI, que detecta infartos agudos em tomografias de crânio, proporcionando informações rápidas para o tratamento imediato de pacientes com derrame; e a Central de Monitoramento Assistencial (CMOA), que permite que médicos e enfermeiros acompanhem informações em tempo real e intervenham para prevenir eventos adversos ao paciente.

Além disso, o BRAX, um banco de dados desenvolvido em parceria com pesquisadores do MIT, reúne milhares de estudos de radiografias de tórax, sendo uma ferramenta valiosa para diagnósticos em regiões com ausência de médicos radiologistas.

- Publicidade -

Talvez você goste de ler também:

Mulher abandona relação por namorado feito de inteligência artificial e encontra a felicidade, entenda

Você precisa experimentar o Mercado Play GRÁTIS: Concorrente da Netflix com filmes e séries gratuitos em 2023

TIKTOK: 7 passos para a sua empresa e negócio decolarem na rede social

Vazamentos de água

Já com relação à eficiência hídrica, a BRK, uma das principais empresas de saneamento privado do Brasil, junto com Galax. ia e FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos — Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação) desenvolveu um software que utiliza algoritmos de inteligência artificial e machine learning para detecção de vazamentos e redução de perdas hídricas.

Com arquitetura baseada em streaming de dados, o software é capaz de agir em tempo real, identificando vazamentos de forma imediata e evitando maiores danos e perdas financeiras. Atualmente, 40,3% da água coletada no Brasil se perde no caminho até as torneiras, por conta de vazamentos em todo o sistema, segundo o Instituto Trata Brasil.

Comunicação personalizada

Para garantir a melhor comunicação entre marcas e clientes, a Robbu tem aplicado a AI em seus projetos de chatbot e voicebots. Com isso, tem garantido aos parceiros um fator essencial para o relacionamento com o consumidor: a humanização. A empresa fornece uma curadoria para o ChatGPT personalizada por cliente e sob demanda, tornando as respostas mais próximas à identidade da persona de cada companhia.

Na visão da empresa, garantir uma boa comunicação entre marca e consumidor é fundamental tanto para concluir uma venda quanto para garantir a fidelização do cliente. Por isso, com a IA, o foco é aprimorar a experiência do público nas redes sociais e nos canais de atendimento das companhias.

Informações mais rápidas

A epharma, uma das principais plataformas de gestão de benefícios de saúde do país, integrou o Chat GPT à sua assistente virtual Fabi como parte de sua cultura de inovação, buscando incentivar os colaboradores a experimentarem a IA em seu cotidiano para obter experiências mais rápidas e fluidas. Inicialmente, o Chat GPT auxilia os colaboradores em dúvidas rápidas sobre remuneração, benefícios, avaliação de desempenho e governança.

Futuramente, espera-se que a IA também desempenhe atividades repetitivas, como correção de códigos e criação de textos simples, visando melhorias na gestão do tempo e organização de atividades periódicas. A proposta é democratizar o acesso à inteligência artificial generativa, permitindo que os colaboradores desenvolvam habilidades para usar essas tecnologias de forma adequada e impactem positivamente sua produtividade e qualidade de vida.

Sistema de intimação

AASP – Associação dos Advogados completa oito décadas de atuação em 2023 com um lançamento inédito: uso da Inteligência Artificial (IA) para potencializar e facilitar o exercício da advocacia de todo o Brasil. A inovação vai funcionar no processo de intimações, um serviço prestado pela AASP que é referência no país. Este trabalho já é informatizado e distribuído no formato digital para cerca 75 mil pessoas do corpo associativo, mas, a partir de agora, associadas e associados não só terão acesso às suas intimações como também receberão a jurisprudência e cursos AASP relativos ao processo.

Além disso, o sistema oferecerá ainda a doutrina por meio de indicações de revistas e outros meios informativos publicados pela instituição. Esse tipo de recurso no setor é algo totalmente inovador e vai tornar o trabalho da advocacia ainda mais eficiente e dinâmico, o que impacta a sociedade de uma forma geral.

Então, o que você achou desse conteúdo? Comente, compartilhe esse conteúdo e nos siga no Google Notícias e nossas redes Instagram, Facebook e Spotify.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.