Criatividade, marketing, branding, comunicação, design, empreendedorismo, inovação, futurismo e outras temáticas do universo da economia criativa.

“Som da Liberdade” Lidera as Bilheterias no Brasil em 2023: Sucesso cheio de Polêmicas em Destaque; confira

O filme som da liberdade tem causando muitas polêmicos, principalmente pela audiência nas salas de cinema, confira

0

O Controverso Sucesso de “Som da Liberdade”

- Publicidade -

O filme “Som da Liberdade” tem sido um verdadeiro fenômeno nas bilheterias brasileiras, seguindo os passos do sucesso que alcançou nos Estados Unidos. Na sua segunda semana em cartaz, a produção, estrelada por Jim Caviezel, atraiu 521,38 mil espectadores entre os dias 28 de setembro e 1º de outubro, arrecadando R$ 7,28 milhões, superando significativamente os R$ 5,7 milhões da semana de estreia.

Talvez você goste de ler também:

TEM ESTAS MOEDINHAS AÍ?: moedas de 5 centavos podem valer até R$ 3.800, confira!

iPhone é 1 MAQUININHA DE CARTÃO: Apple revoluciona PAGAMENTOS no Brasil com o Tap to Pay, entenda

- Publicidade -

Conquista nas Bilheteiras Brasileiras

O desempenho surpreendente de “Som da Liberdade” coloca o filme à frente da estreia de “Jogos Mortais X”, o décimo capítulo da icônica franquia de terror, que conquistou o segundo lugar com um público de 367,5 mil pessoas e uma arrecadação de R$ 4,66 milhões.

Fatores que Contribuíram para o Sucesso

Vários fatores podem explicar o sucesso de “Som da Liberdade” no Brasil. Analistas apontam que o filme se beneficiou da Semana do Cinema em São Paulo, quando várias salas de cinema ofereceram ingressos a um valor acessível de R$ 12.

Além disso, o apoio de grupos religiosos e a ação da distribuidora internacional Angel Studios, que promove a doação de ingressos para pessoas que não têm condições financeiras de ir ao cinema, também tiveram um papel importante no sucesso do filme.

- Publicidade -

Controvérsias e Polêmicas

Apesar do sucesso nas bilheteiras, “Som da Liberdade” está envolto em controvérsias que parecem se destacar mais do que a própria trama. O filme, dirigido por Alejandro Monteverde, se baseia na história real do ex-agente Tim Ballard e suas ações contra o tráfico humano.

Elogiado pelo ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, o filme encontrou apoio entre o público conservador, mas também gerou polêmica por supostamente promover teorias conspiratórias relacionadas a políticos progressistas estadunidenses e tráfico infantil.

As Controvérsias em Torno de Tim Ballard

Uma das principais controvérsias envolve diretamente o verdadeiro Tim Ballard, criador da organização anti-tráfico humano Operation Underground Railroad (O.U.R.). Ballard é acusado de “má conduta sexual” por pelo menos sete mulheres, o que lança uma sombra sobre sua figura retratada no filme.

O Polêmico Financiador do Filme

Além disso, o filme também enfrenta problemas relacionados a um de seus principais financiadores, Fabian Marta, que aparece nos créditos como apoiador do projeto. Marta foi preso nos Estados Unidos por sequestro infantil logo após o lançamento do filme, enfrentando acusações relacionadas a crimes contra crianças.

Conclusão: Sucesso e Polêmicas em um Filme Polêmico

“Som da Liberdade” continua a liderar as bilheterias no Brasil, mas seu sucesso é inegavelmente acompanhado por controvérsias profundas e sérias. Enquanto o filme conquista o público, as questões em torno de sua narrativa e das figuras reais por trás dela levantam preocupações e debates importantes. No final das contas, o filme provou ser um fenômeno cinematográfico, mas também serve como um lembrete de como a arte pode gerar discussões e reflexões profundas na sociedade.

Então, o que você achou desse conteúdo? Comente, compartilhe esse conteúdo e nos siga no Google Notícias e nossas redes Instagram, Facebook e Spotify.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.