Criatividade, marketing, branding, comunicação, design, empreendedorismo, inovação, futurismo e outras temáticas do universo da economia criativa.

Situationship: modernidade líquida torna amor instável, criando novo status de relacionamento dos atuais jovens

As novas gerações definitivamente não gostam de rótulos. Situationship representa o momento amoroso dos dias atuais

0

Situationship: modernidade líquida torna amor instável

 

- Publicidade -

Tentar definir o status de relacionamento é uma situação pela qual várias pessoas já passaram, pois, apesar de as etapas evolutivas de um relacionamento serem claras, não é fácil identificar quando essas mudanças devem se tornar oficiais. Essa dúvida criou o termo situationship, ou seja, os relacionamentos se baseiam na conexão emocional sem compromisso e sem planos para o futuro; não há rótulos de namorado/namorada.

Mas isso não significa apenas uma “ficada” ou encontro casual. Existe uma conexão emocional e íntima nas relações que se definem dessa forma. O desapego da necessidade de padrões torna esse modelo de relacionamento muito atrativo, principalmente para a geração Z.

Uma pesquisa com mais de 150 estudantes, feita pela professora de sociologia Lisa Wade, da Universidade de Tulane, nos Estados Unidos, mostrou que a geração Z é mais relutante para namorar e se envolver amorosamente em qualquer formato, por isso, um modelo de relação que nomeia a área cinza entre se conhecer e namorar sério é atrativo para eles.

Talvez você goste de ler também:

- Publicidade -

Beijos caninos: 8 curiosidades sobre as lambidas apaixonantes do seu cachorro

Threads: 10 dicas para usar a nova rede social do Instagram

Casais de ocasião

Segundo Maicon Paiva, Espiritualista da Casa de Apoio Espaço Recomeçar, a dificuldade em definir o estado de um relacionamento faz com que muitas relações sejam de “casais de ocasião”. “O status de relacionamento, atualmente, se tornou um objetivo individual, usado para fotos em redes sociais do casal – algo que parece mais importante do que viver a relação em si. Tudo bem que não exista uma regra fixa para definir o estado de um relacionamento, mas ao invés de conversar sobre o assunto, algumas pessoas preferem relacionamentos casuais, principalmente os mais jovens”, diz o Especialista.

O termo situationship é bem novo; foi criado pela primeira vez por Carina Hsieh em 2017, numa época em que os aplicativos de relacionamento estavam se popularizando, trazendo o conceito de match. Naquela época, várias pessoas descobriram a facilidade de conhecer pessoas por intermédio desses canais digitais e, caso o encontro não fosse agradável, tinham à disposição uma série de outras pessoas que podiam conhecer. Diante de tantas possibilidades, pode ser complicado ter a pessoa amada por perto e firmar um relacionamento duradouro. Então para ajudar com isso, a Amarração Amorosa pode ser uma aliada valiosa.

- Publicidade -

Modernidade líquida

A possibilidade de relações intensamente mutáveis, como no situationship, remete ao conceito sociológico de modernidade líquida, desenvolvido pelo acadêmico Zygmunt Bauman. A ideia central está na percepção das constantes mudanças e a perda do senso de controle de nossas vidas. Como resultado, as relações sociais se tornam fluidas, sejam no trabalho, na família, na amizade e no amor.
Com o surgimento de uma nova forma de definir a relação, algumas pessoas podem ser colocadas em uma situationship sem que percebam. Dessa forma, fazer uma Consulta Espiritual te ajudará a entender se você está nesse tipo de relacionamento. Além disso, o Espiritualista Maicon Paiva, do Espaço Recomeçar, tem conselhos valiosos para te ajudar.

 

Não existem planos para o relacionamento: se a pessoa com quem você está não fala nada sobre o desejo de estar com você por mais tempo e não existe uma demonstração clara de querer estar junto a médio e longo prazo, talvez haja um descompasso entre as expectativas de ambos.

 

A relação ainda não foi definida: se algo não tem nome, é como se não existisse e consequentemente, o que é permitido e restrito na relação fica indefinido. Muitas pessoas que optam pelo situationships evitam dar nome ao que sentem e ao que acontece entre os dois, justamente para ter o outro a disposição quando quiserem.

 

O status muda conforme a conveniência: motivado pela relação estar muito aberta, a pessoa com quem você está aproveita para definir nas entrelinhas em qual estágio vocês estão. A estratégia de criar dúvida sobre o que acontece entre os dois é aplicada por quem quer colocar o outro em um relacionamento de situação.

 

Você não é prioridade: caso você perceba que não é prioridade para a outra pessoa, pode estar em um relacionamento de situação, pois ela restringe a sua presença em momentos específicos, evitando te incluir em outros aspectos da vida dela.

Considerações finais

Não existe nada errado em estar em um relacionamento de situação; o amor é um projeto de vida, devendo ser feito com a pessoa certa. Pode levar tempo para conhecê-la melhor, mas se quiser embarcar de fato nessa relação, os trabalhos espirituais do Espaço Recomeçar te ajudará a fortalecer o vínculo de vocês com boas energias. Saiba mais aqui!

Sobre o Espaço Recomeçar

Desde 2002, o Espaço Recomeçar auxilia pessoas por meio de Trabalhos Espirituais. Seu fundador, Maicon Paiva, é um renomado Espiritualista paulistano e sentiu a necessidade de auxiliar as pessoas em suas vidas. Seguindo a tradição da leitura de Búzios e Tarô, ele e sua equipe auxiliam com Limpezas Espirituais e Amarrações Amorosas. Nos anos de trabalho, o Espaço Recomeçar já auxiliou mais de 35 mil pessoas e está aberto para receber você! Além de atender no Brasil, Maicon Paiva também atende pessoas de países do mundo inteiro, como Portugal e Espanha. Tudo de forma confiável, online e com a privacidade necessária para o(a) consulente.

Então, o que você achou desse conteúdo? Comente, compartilhe esse conteúdo e nos siga no Google Notícias e nossas redes Instagram, Facebook e Spotify

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.