Criatividade, marketing, branding, comunicação, design, empreendedorismo, inovação, futurismo e outras temáticas do universo da economia criativa.

COMPRANDO e VENDENDO: entenda o curioso mercado das caixas vazias de iPhone em 2023

Por que as pessoas estão comprando e vendendo caixas vazias de iPhone, entenda este comportamento deste mercado aqui!

0

O Curioso Mercado das Caixas Vazias de iPhone

- Publicidade -

O mercado de iPhones seminovos é conhecido por sua lucratividade, tanto para quem vende quanto para quem compra. Mas, recentemente, surgiu uma tendência curiosa nesse mercado: a venda de caixas vazias de iPhones. Isso mesmo, pessoas estão dispostas a pagar por uma simples embalagem, sem o aparelho em si.

Neste artigo, vamos explorar essa peculiar tendência e entender por que as pessoas estão comprando caixas vazias de iPhones.

Talvez você goste de ler também:

AUXÍLIO DE R$ 15 MIL: Governo bate recorde de beneficiários; veja quem pode receber

- Publicidade -

SEM IMPOSTOS: Lá o iPhone é mais barato! ESTE país é o paraíso de compras de milhares de turistas em 2023

Refrigerante de máquina é mais gostoso? Descubra o truque fundamental por trás do sabor agora em 2023

O Fenômeno das Caixas Vazias de iPhone

Segundo o site Tecmundo, esse mercado de caixas vazias de iPhones tem ganhado popularidade e é conhecido como “compatíveis”, referindo-se a embalagens que não são originais da Apple. Essas caixas podem ser encontradas à venda por preços que variam de R$ 10 a R$ 80. Mas por que alguém pagaria por uma caixa vazia?

Por que as pessoas estão comprando e vendendo caixas vazias de iPhone, entenda este comportamento aqui!
Apple / reprodução

- Publicidade -

Onde Encontrar Caixas Vazias de iPhone

As caixas vazias de iPhone não são apenas um fenômeno online. Embora algumas lojas físicas que vendem celulares possam oferecer essas embalagens, elas são muito mais comuns e fáceis de encontrar em sites de compra e venda, como Shopee e Mercado Livre. Nessas plataformas, você pode encontrar caixas vazias para diversos modelos de iPhone, como o 11, 12, XR, 13 Pro Max e muitos outros. Surpreendentemente, também é possível encontrar caixas de celulares de outras marcas, como Samsung Galaxy, LG e Motorola.

Por que Alguém Compraria uma Caixa Vazia de iPhone?

A pergunta que muitos se fazem é por que alguém compraria uma caixa vazia de iPhone. Segundo o Tecmundo, o aumento nos preços dos celulares novos tem impulsionado as vendas de dispositivos seminovos. Comprar um iPhone seminovo pode ser uma opção mais econômica, e as caixas vazias podem ajudar a dar uma sensação de “completo” ao produto.

Lojistas também compram essas caixas para vender celulares seminovos, pois elas agregam valor ao produto final. Alguns estabelecimentos até mesmo fabricam caixas genéricas para essa finalidade. Além disso, há réplicas das caixas disponíveis no mercado, muitas vezes provenientes da China.

Caixas Vazias como Decoração

Surpreendentemente, algumas pessoas compram caixas vazias de iPhones para fins de decoração. Jéssica Katerina, sócia-proprietária da loja Rei das Películas, explicou ao Tecmundo que “quando se trata de iPhone, tudo tem valor, até a caixinha”. Algumas lojas até usam as caixas vazias em vitrines para atrair a atenção dos clientes.

No entanto, a atenção excessiva a essas embalagens também pode ter um lado negativo. Jéssica Katerina compartilhou uma história em que sua loja foi alvo de um ataque criminoso, pois os bandidos acreditavam que os celulares estavam escondidos dentro das caixas vazias.

Conclusão

O mercado das caixas vazias de iPhone é um fenômeno curioso que demonstra como os consumidores atribuem valor aos produtos da Apple, mesmo quando se trata apenas de uma embalagem.

Seja para dar a sensação de “completo” ao comprar um dispositivo seminovo, para agregar valor ao vender celulares usados ou até mesmo como itens de decoração, essas caixas vazias têm encontrado seu espaço no mercado. Como diz o ditado, “a embalagem faz a diferença”, e no caso das caixas vazias de iPhone, isso nunca foi tão verdadeiro.

Então, o que você achou desse conteúdo? Comente, compartilhe esse conteúdo e nos siga no Google Notícias e nossas redes Instagram, Facebook e Spotify.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.